DestaqueDistrito de SetúbalJustiça
Em Destaque

Jéssica foi torturada. Morreu com mais de 100 hematomas. Mãe fala hoje no Tribunal de Setúbal

Julgamento prossegue esta quarta-feira.

Jéssica Biscaia, a menina de três anos morta em Setúbal em Junho de 2022, terá sofrido o nível máximo de dor durante os dias de tortura de que foi alvo, enquanto esteve retida em casa dos arguidos Ana Pinto, do marido Justo Montes e da filha Esmeralda Montes, como garantia de pagamento de uma dívida da mãe, Inês Sanches, por actos de bruxaria.

Segundo o responsável do Gabinete Médico-Legal de Setúbal, João Luís Ferreira dos Santos, a criança estaria viva caso tivesse sido levada para o hospital, ainda que com sequelas muito graves. “Alguém de forma selvática agarrou na criança e abanou-a fortemente durante 5 a 20 segundos, duas a quatro vezes por segundo, o que lhe provocou a morte e depois jogou a cabeça da menina contra uma superfície dura”, disse o responsável, que foi ouvido esta terça-feira no Tribunal de Setúbal.

Com mais de 100 hematomas, Jéssica terá também sofrido uma queimadura no nariz, provocada por um líquido a ferver, além de ter marcas de unhas pelo corpo, que permitem perceber que tentou defender-se, além de lesões profundas nas orelhas.

“Levou puxões de orelhas, mas não de qualquer maneira, de forma energética e feitos várias vezes, [além de] palmadas, murros e pontapés em todas as zonas do corpo. (…) A escala de dor é medida de 0 a 7, e a dor que a menina sofreu foi claramente sete”, apontou ontem o médico-legista, revelando ainda que “parece que andaram a jogar à bola com a cabeça da menina”.

Tanto a mãe da criança como a avó paterna terão saído em lágrimas da sala de audiências, face às informações reveladas.

A mãe de Jéssica, Inês Sanches, deverá falar em tribunal esta quarta-feira.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito