AgendaPolíticaSeixal

Festa do Avante! confirma cartaz com Agir, Garota Não e Mimicat

A organização da 47.ª edição da Festa do Avante!, que se realiza nos dias 1,2 e 3 de setembro na Quinta da Atalaia, Amora, anunciou os nomes do cartaz deste ano, como Agir, a `rapper´ Nenny e `A garota não´, num cartaz que festeja os 50 anos da revolução de Abril.

E nesse contexto, irá ter lugar a apresentação do espetáculo ‘Agir-Cantando Abril’, visando «homenagear os poetas e músicos de intervenção», com as actuações de Agir, Carolina Deslandes, Lura, Milhanas e Paulo de Carvalho, o cantor de ‘E Depois do Adeus’, que serviu de senha para o Movimento das Forças Armadas em 1974.

Em comunicado, a organização da Festa do Avante! refere que o concerto de abertura, na sexta-feira ao final do dia, está a cargo da Orquestra Sinfonietta de Lisboa, dirigida por Vasco Pearce de Azevedo, e o Coro Lisboa Cantat, dirigido por Jorge Alves.

O repertório contará «com composições feitas antes e depois do 25 de Abril relacionadas com a resistência político-cultural ao fascismo português e com o usufruto criativo que a liberdade democrática depois suscitou».

Na Quinta da Atalaia, Seixal, atuarão também artistas e grupos «com um repertório rico significativamente em canções de caráter político-social ou mesmo de intervenção» como os portugueses `A garota não´, Bateu Matou, Boémia, Luta Livre ou a italiana Loredana Savino.

Os djs portugueses Ecstasya e Photonz, o angolano DJ Satélite e a sino-canadiana Ciel serão protagonistas da programação da ‘Rave Avante!’, «um espetáculo de música de dança engajada na defesa dos direitos humanos e da liberdade».

Como representantes dos projetos e artistas emergentes no país, o cartaz conta com nomes como o de Mimicat, a representante portuguesa na edição de 2023 do Festival Eurovisão da Canção ou o de Nenny, a multipremiada `rapper´ de 20 anos da Vialonga que é autora de êxitos como “Sushi” ou “Bússola”.

O cartaz conta com mais nomes internacionais como o dos brasileiros do Ratos do Porão e Francisco El Hombre, os são-tomenses África Negra, os moçambicanos Banda Kanana, os americanos Chris Luquette East Coast Bluegrass Band e os afegãos Not Forbidden.

O fado marcará presença pelas vozes de Mísia e Ricardo Ribeiro e em nome das novas tendências da música popular portuguesa subirão ao palco o grupo Criatura acompanhado do Coro dos Anjos.

No jazz, o Hot Club de Portugal celebrará os seus 75 anos com um espetáculo com a cantora Selma Uamusse.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito