AtualidadeDistrito de LisboaDistrito de Setúbal

Estivadores em greve nos portos de Lisboa e Setúbal

Até dia 5 de Novembro.

Os estivadores começam esta quarta-feira uma greve nos portos de Lisboa e Setúbal, protestando por alegadas violações do direito à greve, numa paralisação que se irá manter até 5 de Novembro, segundo o pré-aviso divulgado pelo Sindicato dos Estivadores e da Atividade Logística (SEAL) em 20 de Junho.

“O Sindicato Nacional dos Estivadores, Trabalhadores do Tráfego, Conferentes Marítimos e Outros, em nome e em representação dos trabalhadores portuários integrados no respectivo âmbito estatutário, que exercem a sua actividade profissional nas áreas dos portos de Lisboa e de Setúbal, declara greve à prestação de trabalho nestes portos, a partir das 8h00 do dia 5 de Julho de 2023 até às 8h00 do dia 5 de Novembro de 2023”, indicou o SEAL em comunicado.

Em causa alegadas violações do direito à greve, com o SEAL a recordar que a presente luta “começou porque todas as empresas de operação portuária decidiram, em conjunto, de forma totalmente concertada, apresentar à insolvência a empresa de cedência de mão-de-obra portuária de que eram as únicas associadas e, simultaneamente, únicas clientes, a A-ETPL”, sublinhando que essa luta “não terminará enquanto o problema não for resolvido, pelas empresas ou pelos tribunais”.

No porto de Setúbal, precisou o SEAL, a greve “restringir-se-á à abstenção da prestação do trabalho incidente sobre navios ou cargas que, neste contexto de greve, sejam desviados do porto de Lisboa para este porto desde o dia 4 de Fevereiro de 2020 até ao limite final fixado neste aviso prévio de greve”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito