CrimeDestaqueDistrito de Setúbal
Em Destaque

Caso Jéssica: Ministério Público avança com prisão preventiva

Os suspeitos vão voltar ao Tribunal de Setúbal esta tarde de sábado

Depois de terem sido presentes ao Juiz de Instrução Criminal do Tribunal de Setúbal, os três suspeitos vão ficar a conhecer as medidas de coação que vão ser aplicadas. Duas mulheres e um homem que estão acusados da morte da pequena Jéssica de três anos, estão acusado de quatro crimes, um deles com a pena mais gravosa, o de homicídio qualificado que pode ir aos 25 anos de prisão.

Ontem, a filha de Tita não quis falar, o advogado avançou ser estratégia de defesa, Tita e o marido falaram ao juiz mas não admitem o crime de homicídio nem de extorsão. O Tribunal de Setúbal marcou para hoje [sábado] a decisão das medidas de coação, mas o Ministério Público ao que já se sabe, vai avançar com o pedido de prisão preventiva para os três acusados da morte de Jéssica, dois motivos apresentados pelo MP é o de fuga e de alarme social, o que se viu durante os últimos três dias no velório, no funeral e até junto ao Tribunal de Setúbal, onde vários populares se juntaram e querem justiça.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito