País

ASAE apanha supermercados que cobram preços 70% superiores aos marcados nas prateleiras

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) anunciou esta quinta-feira que sinalizou em 2022 margens médias de lucro bruto nos supermercados de até 50% em bens alimentares essenciais.

Nas três maiores cadeias de supermercados em Portugal foram detectadas margens de lucro brutas de 52% na cebola, 48% na laranja, 45% na cenoura e nas febras de porco ou 43% nos ovos. A ASAE está agora a investigar, produto a produto, sendo que no total foram instaurados 51 processos-crime por especulação.

Os inspectores encontraram casos em que estavam a ser cobrados em caixa preços 70% superiores aos que estavam marcados nas prateleiras, adianta o Expresso.

Em conferência de imprensa, o inspector-geral da ASAE, Pedro Portugal Gaspar, deixou claro, no entanto, que é agora necessário despistar se há ou não indícios da prática de lucro ilegítimo, ou seja, especulação. Para o efeito, é preciso perceber as diferentes etapas da formação de preço dos produtos.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito