Distrito de Lisboa

Vinte pessoas detidas em Lisboa suspeitas de auxílio à imigração ilegal

Esta quarta-feira na rua Morais Soares e ruas circundantes.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve esta quarta-feira 20 pessoas em Lisboa suspeitas de auxílio à imigração ilegal e falsificação de documentos no âmbito de uma investigação de combate ao crime organizado iniciada no final de 2022.

A PJ explica em comunicado que a Unidade Nacional Contra Terrorismo, no âmbito de um inquérito titulado pelo Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa, realizou hoje uma operação policial destinada ao cumprimento de vários mandados de busca domiciliária, bem como ao cumprimento de 20 mandados de detenção.

Segundo a PJ, a investigação foi iniciada em finais de 2022 e teve origem numa participação efectuada por uma junta de freguesia de Lisboa, que denunciou um esquema fraudulento de atestados de residência por parte de cidadãos estrangeiros, com base em falsas declarações.

Fonte policial disse à Lusa que a junta de freguesia em causa e visada neste esquema fraudulento era a Penha de França e a operação realizou-se na Rua Morais Soares e ruas circundantes.

A PJ refere ainda que os 20 arguidos detidos vão ser presentes às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coacção.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito