Atualidade

Trabalhadores dos TST rejeitam proposta da administração

Os trabalhadores da TST – Transportes Sul do Tejo, que integra a Carris Metropolitana, reuniram em plenário esta segunda-feira.

Neste, os trabalhadores rejeitaram, por unanimidade, a proposta ‘final’ da administração e mandataram os sindicatos para o desenvolvimento de lutas em defesa da valorização dos salários na empresa, refere a FECTRANS.

«Os trabalhadores consideraram insuficiente a proposta de aumento da tabela em 5,89% no mínimo de 60€, assim como o valor de 7,30€ proposto para o subsídio de refeição e não aceitam a imposição de pagamento deste subsídio por cartão» explica o comunicado.

No final do plenário foi transmitido à administração a conclusão do plenário e os sindicatos irão agora discutir a data das formas de luta nos termos das propostas aprovadas.

Os TST prestam serviço de transporte público rodoviário de passageiros na Área 3 da AML nos concelhos de Almada, Seixal e Sesimbra, com ligações a outros conselhos da AML, nomeadamente Setúbal, Barreiro, Moita e Lisboa.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito