Distrito de Lisboa

Trabalhadores dos bares da CP invadem linha de comboio e impedem circulação

Vários trabalhadores dos bares da estação de Comboios de Portugal (CP) ocuparam a linha de comboio, em Santa Apolónia, este sábado de manhã, em protesto contra os salários em atraso, impedindo assim a circulação de vários comboios.

“Os trabalhadores dos bares dos comboios continuam sem salário há mês e meio. A CP continua a não resolver a situação, o governo nada diz. Aqui estamos, em solidariedade com estas 130 pessoas sem salário”, lê-se na nota da deputada do Bloco de Esquerda, Isabel Pires Rua, na rede social Twitter.

Em declarações dadas à SIC Notícias, o comissário Ricardo Dias, da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Lisboa, confirmou que a linha foi invadida por “cerca de 30 a 40 pessoas” que impediu a saída do comboio Intercidades entre as 10h00 e as 11h50.

Uma equipa de patrulha já se encontrava no local, contudo foi preciso acionar mais meios para desmobilizar as pessoas no local.

“No local, após contacto com a PSP, os manifestantes perceberam que o bloqueio era ilegal, tendo acatado as ordens”, esclareceu o comissário.

De acordo com a PSP, os trabalhadores irão juntar-se a milhares de manifestantes que irão caminhar hoje em Lisboa, numa iniciativa da Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical Nacional (CGTP-IN), por melhores salários e pensões, entre outras medidas para fazer face ao aumento do custo de vida.

A CP confirmou, esta sexta-feira, que avançou com a resolução imediata do contrato relativo à exploração do serviço de cafetaria e bar a bordo dos comboios Intercidades e Alfa Pendular, prestado pela Apeadeiro 2020, como também a Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal (Fesaht). 

Estes profissionais estão em greve desde 1 de março e reclamam salários em atraso, situação que está a afetar cerca de 130 pessoas.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito