DestaqueEconomiaSociedade

Trabalhadores com escolaridade obrigatória noutros países ganham mais do que licenciados em Portugal

Em 12 países da União Europeia, o ensino secundário "vale mais" do que uma licenciatura feita em Portugal.

Os vencimentos em Portugal voltaram à ribalta com as declarações de António Costa sobre a necessidade de aumentar em 20% nos próximos quatro anos, um apelo feito às empresas.

O primeiro-ministro falou sobre as reações às suas declarações, dizendo que não há outra alternativa.

Um artigo do jornal Público (conteúdo pago) revela que em 12 países da União Europeia, trabalhadores com o ensino secundário, escolaridade obrigatória em Portugal, ganham mais do que os diplomados portugueses. Até mesmo em quatro países, há trabalhadores com o ensino básico com vencimentos superiores.

O crescimento dos salários em Portugal, na última década, só se verificou para os menos qualificados, tendo o vencimento de trabalhadores com formação superior diminuído, adianta o jornal Económico. Entre 2011 e 2019, verificou-se uma queda de 11%.

Portugal encontra-se no 7º lugar de 27 países da União Europeia no que diz respeito ao nível salarial mais baixo.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito