Atualidade

Terra vai ficar com duas ‘luas’ pelo menos durante meio ano

Chama-se 2020 SO, é uma mini-lua, um minúsculo asteroide ou objeto artificial que foi descoberto pela pesquisa Pan-STARRS1 no Observatório Haleakala, a 17 de setembro deste ano.

Está a aproximar-se da Terra, onde será capturado pela gravidade do nosso planeta a 15 de outubro de 2020, e onde ficará durante cerca de meio ano.

Entende-se por mini-lua um objeto de pequenas dimensões que é temporariamente capturada pela órbita da Terra, ali ficando durante um certo período de tempo, meses ou anos, antes de voltar a ser lançado para o Espaço.

O corpo em causa aproxima-se a uma velocidade muito baixa, o que é atípico para a movimentações de asteroides, e por isso, os cientistas suspeitam que a candidata a mini-lua da Terra seja apenas lixo espacial do século passado, nomeadamente um foguete reforçador lançado na década de 1960.

Até agora, os cientistas só conseguiram detetar duas mini-luas na órbita da Terra: o asteróide 2006 RH120, que ficou junto do planeta entre 2006 e 2007, e o asteóide 2020 CD3, que ficou na órbita da Terra entre 2018 a 2020.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito