Opinião

Ter com quem nos mata lealdade

Muitas pessoas experimentam sentimentos de medo, dor e solidão nos seus relacionamentos amorosos, mas apresentam dificuldade em terminar os mesmos, evidenciando aceitação do sofrimento como parte do Amor Romântico.

O primeiro passo para que se permita terminar um relacionamento com caraterísticas de toxicidade, será saber reconhecer a existência das mesmas. Tal reveste-se de particular complexidade, dado que em virtude da culpabilização que geralmente ocorre e da existência de uma baixa autoestima, é muito frequente a dificuldade em admitir que aquela relação é nociva.

Tristeza, culpa, fragilidade, desrespeito, insegurança e dependência emocional relativamente à relação e ao agressor. Estes serão os ingredientes mais habituais dos relacionamentos descritos na literatura como tóxicos. A vítima será alvo de abuso emocional e sente-se exausta e resignada. O parceiro abusador revela, muitas vezes, traços narcisistas e será um exímio manipulador. A vítima será levada a confundir afeto com abuso e sentirá elevada dificuldade em assumir que é maltratada por quem ama.

Uma relação com estas caraterísticas representa um elevado risco para a saúde mental e física, com presença de violência nas mais diversas formas. O medo e ansiedade tornam-se centrais, tal como o ciúme, o controlo, a obsessão e as críticas.

Terminar um envolvimento com estas caraterísticas, é, muitas vezes, um processo moroso, que necessita de apoio psicoterapêutico e de uma rede de suporte, familiar e de amigos.

O amor próprio será o pilar para não permitir o desenvolvimento de relações tóxicas e também para sair das mesmas.

Escolha-se!

Prof.ª Doutora Thaysa Viegas, Diretora Clínica da Maria Vinagre,  Clínica de Empoderamento do Agridoce da Vida


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito