CulturaSetúbal

Setúbal vai receber Congresso Internacional sobre José Afonso

O Fórum Municipal Luísa Todi, em Setúbal, vai receber entre 26 e 27 de Outubro, um congresso internacional dedicado à discussão e divulgação das várias actividades de José Afonso (1929-1987), que pretende reunir especialistas dedicados ao estudo das várias facetas da sua obra, assim como colaboradores e amigos do cantor, em sessões testemunhais.

«José Afonso é uma das maiores referências da nossa cultura contemporânea, cuja obra importa conhecer e divulgar. A profunda ligação de José Afonso à cidade de Setúbal e desta àquele impõem o destaque que lhe é dado nestas comemorações dos 50 anos do 25 de Abril» explica a Associação José Afonso, na apresentação deste Congresso.

«Para além da discussão em torno da sua prática musical, pretende-se que este evento aborde um extenso conjunto de temas, contemplando a sua intervenção cívica antes, durante e depois do período revolucionário de 1974-75, em defesa da liberdade e da democracia.»

O congresso prevê sessões testemunhais, organizadas tematicamente; conferências e apresentação de comunicações, por convite e por propostas avaliadas por uma comissão científica.

«Desta forma, pretende-se que este evento constitua uma oportunidade, até hoje inédita, de amplo cruzamento de vários saberes sobre o percurso de José Afonso, procurando intersectar a investigação académica com outros campos dedicados à preservação e divulgação da memória do cantor.»

O Congresso incluirá ainda exposições ou sessões musicais, promovendo também a localização e recolha de documentação e material fonográfico relacionado com José Afonso para posterior preservação.

As temáticas vão passar pelos seguintes temas: As primeiras baladas e a viragem para a década de 1960; O impacto dos anos de Moçambique em José Afonso; Actividade na editora Orfeu e as transformações nos processos de produção fonográfica entre as décadas de 1960 e 1980; Os aparelhos repressivos e a actividade de José Afonso (censura, vigilância policial, prisões, e.o.); Intervenção artística e política de José Afonso antes e depois do 25 de AbriL; Cooperativismo artístico e novas formas de edição discográfica pós-25 de Abril; Articulação entre a obra de José Afonso e outros universos geográficos.

Outros temas a abordar serão a presença e repercussão internacional de José Afonso; Últimos anos de actividade (década de 1980) e respectivo panorama social e político; Dimensão poética e literária da obra de José Afonso; Influências culturais e filosóficas em José Afonso; Ligação a outras actividades artísticas (teatro, cinema, e.o.); José Afonso e o ensino e ainda A mulher na obra de José Afonso.

São parceiras nesta iniciativa a Associação José Afonso, a Câmara Municipal de Setúbal, o INET-md / Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança, o Instituto de História Contemporânea, o Centro de Estudos e Documentação José Mário Branco – Música e Liberdade História, Territórios e Comunidades (pólo de Lisboa do Centro de Ecologia Funcional – Ciência para as Pessoas e o Planeta) e o Observatório da Canção de Protesto.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito