Seixal

Seixal | ‘Aldeia do Bombo’ em risco leva vereador do PSD a questionar executivo

O vereador eleito pelo PSD à Câmara Municipal do Seixal, Bruno Vasconcelos, questionou o presidente da edilidade, em requerimento, sobre as obras de construção da «Aldeia do Bombo», equipamento destinado à ADAT – Associação dos Amigos do Tocá Rufar, depois de as instalações deste terem sido consumidas por um incêndio em 2011.

No requerimento, também enviado ao Diário do Distrito, o vereador Bruno Vasconcelos chama a atenção para o facto de «depois de um significativo financiamento de mais de dois milhões de euros para o projecto da Aldeia do Bombo, foi constatado que o município não conseguiu cumprir com a data de conclusão estipulada para abril de 2022.»

Na nota, o vereador adianta também que «a falta de cumprimento da data de conclusão resultou na revogação do contrato por parte da Associação, que alega não dispor mais de meios para fazer face aos custos excepcionais da obra, resultando na perda total do investimento e do património já edificado.»

Bruno Vasconcelos pretende obter por parte do município «uma resposta urgente e transparente sobre o assunto, sobre as circunstâncias que levaram a esta situação e quais medidas serão tomadas para remediar os danos causados e na forma como se gerem os recursos financeiros públicos».

Em janeiro de 2023, foi organizada uma concentração por alunos do Tocá Rufar, acompanhados por encarregados de educação e professores, frente ao edifício dos Paços do Concelho, em protesto pela possibilidade de uma nova proposta de apoio financeiro vir a ser chumbada pelos eleitos do PS e PSD em reunião do executivo, conforme noticiou o Diário do Distrito.

Campanha ‘Unidos Pelo Tocá Rufar’ de angariação de fundos

A ADAT – Associação dos Amigos do Tocá Rufar lançou uma campanha de angariação de fundos através da internet, com a qual pretende angariar 28.220€ e «garantir que o Tocá Rufar continue a ser uma referência cultural em Portugal».

Os objectivos da campanha e as dificuldades enfrentadas são apresentados pelo fundador do Projecto Tocá Rufar, Rui Junior.

«A campanha ‘Unidos pelo Tocá Rufar’ tem como objetivo angariar fundos para manter as atividades gratuitas que beneficiam mais de 1000 crianças de comunidades carenciadas até ao final do ano, promovendo assim o acesso à formação musical e artística de qualidade.»

Rui Júnior explica também que «a ADAT – Associação dos Amigos do Tocá Rufar elaborou diversas candidaturas e a diversos apoios – nacionais e comunitários, locais, regionais e nacionais de modo a assegurar a continuidade do projeto a partir do próximo ano.»

No entanto, «a presente situação resulta do atraso da construção da nova sede – vai para dois anos – a qual iria permitir a sustentabilidade desde há dois anos a esta data.

O município não cumpriu com a data de conclusão – abril de 2022 – e a nossa associação viu-se obrigada a revogar o contrato por não mais dispor de meios para fazer face aos custos excecionais da obra, perdendo, deste modo todo o investimento e património já edificado.»

Com vista a evitar o encerramento e «preservar esta valiosa instituição, diante do impacto, da importância e do legado duradouro do Tocá Rufar no cenário social, musical e cultural de Portugal» considera «fundamental tomamos medidas para garantir a continuidade da associação, seja por meio de apoio financeiro, parcerias institucionais ou outras formas de suporte».

O Diário do Distrito questionou esta sexta-feira a Câmara Municipal do Seixal, sobre o motivo do atraso das obras, se confirmam a perda do investimento e do património por parte da Associação Tocá Rufar e o que pode ainda ser feito para reverter a situação.

Em resposta, o município informa que «A Câmara Municipal do Seixal tomou conhecimento pelas redes sociais do comunicado da ADAT (Associação dos Amigos do TócaRufar) pelo que foi marcada uma reunião com a mesma para a próxima segunda-feira. Após a reunião enviaremos uma nota de imprensa da Câmara sobre o assunto».


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito