País
Em Destaque

Sargentos das Forças Armadas prometem protesto junto a polícias no 25 de Abril

A falta de compromisso do Governo em implementar medidas imediatas, como o suplemento de missão para a PSP e GNR, está a gerar impaciência entre sindicatos e associações, com os sargentos das Forças Armadas prometendo juntar-se à manifestação do 25 de Abril em Lisboa.

A falta de resposta do Governo em relação à implementação de medidas imediatas, como o suplemento de missão para a PSP e GNR, tem causado crescente insatisfação entre sindicatos e associações ligadas às forças de segurança. Como resultado, os sargentos das Forças Armadas anunciaram que se juntarão à manifestação do 25 de Abril, em Lisboa, em protesto.

Os ministérios da Administração Interna e da Defesa, responsáveis pela tutela das forças de segurança e dos militares, ainda não se comprometeram com medidas concretas a curto prazo. Esta falta de resposta tem gerado descontentamento entre os profissionais das áreas em questão.

A ministra da Administração Interna, Margarida Blasco, irá reunir-se no dia 22 de abril com representantes de associações da GNR e sindicatos da PSP. No entanto, uma fonte oficial afirmou que ainda é prematuro discutir os temas que serão abordados durante o encontro.

Enquanto isso, a Associação dos Sargentos das Forças Armadas continua a pressionar por decisões sobre questões salariais, assistência na doença e promoções. O ministro da Defesa, Nuno Melo, declarou ao ‘Expresso’ que a resposta às reivindicações de polícias e militares deve ser abordada no mesmo plano, sem revelar medidas concretas.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito