Saúde

Sabe quais são as regiões de Portugal Continental com menos pessoal médico?

O Alentejo e o Algarve são as regiões de Portugal Continental com menos médicos, enfermeiros, pessoal auxiliar de enfermagem ou técnicos de diagnóstico, segundo dados revelados pela base de estatísticas certificadas sobre Portugal – Pordata – baseada nos Censos de Abril de 2021.

Os dados apontam a que nestas duas regiões há 10,6% destes profissionais, contrastando, por exemplo, com a região Norte (35%), Centro (22,5%) e Área Metropolitana de Lisboa (32%).

Quanto a números absolutos, em 1999 havia, no Algarve, 2.737 profissionais, que passaram a ser 4.986 em 2021, enquanto na região do Alentejo passaram de 4.314 a 6.773.

Já no top 5 das cidades com mais pessoal médico encontram-se Lisboa (22.079 profissionais), Porto (14.118), Coimbra (9.658), Faro (4.948) e Vila Nova de Gaia (3.989), cidades estas que registaram um aumento do número de profissionais desde a última contagem, que data de 1999.

Em sentido contrário, no topo da lista das cidades menos bem servidas de médicos, enfermeiros, pessoal auxiliar e técnicos de diagnóstico e terapêutica encontram-se, em ‘ex aequo’, Torres Novas, Torres Vedras, Valongo, Vila do Conde e Vila Nova de Famalicão.

Relativamente a dados absolutos em Portugal Continental, se em 1999 havia 84.412 profissionais médicos, esse número aumentou para 114.230 nesta última contagem realizada em 2021.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito