Justiça

Rui Pinto pode vir a receber amnistia do Papa Francisco

Leitura do acórdão estava agendada para esta quinta-feira, mas foi adiada.

Estava agendada para esta quinta-feira a leitura do acórdão do julgamento do processo ‘Football Leaks’, no qual Rui Pinto é o principal arguido, mas foi agora adiada por despacho da juíza, que justifica a decisão com a proposta de amnistia devido à vinda do Papa a Lisboa.

A decisão do Juízo Central Criminal de Lisboa deverá ter lugar no próximo dia 31, caso a proposta de lei entre em vigor até dia 28, ou apenas em 11 de Setembro, segundo o despacho a que a Lusa teve hoje acesso.

Rui Pinto, 34 anos, responde por um total de 90 crimes: 68 de acesso indevido, 14 de violação de correspondência, seis de acesso ilegítimo, visando entidades como o Sporting, a Doyen, a sociedade de advogados PLMJ, a Federação Portuguesa de Futebol e a Procuradoria-Geral da República, e ainda por sabotagem informática à SAD do Sporting e por extorsão, na forma tentada. Este último crime diz respeito à Doyen e foi o que levou também à pronúncia do advogado Aníbal Pinto.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito