Internacional

Proprietária de creche detida por torturar e drogar crianças

Em Naviraí, Mato Grosso do Sul, Brasil.

Caroline Rech, de 30 anos, é proprietária da creche “Cantinho da Tia Carol” e foi detida, juntamente com uma funcionária do estabelecimento escolar, Mariana Correia, de 26 anos, por serem ambas suspeitas de torturarem e drogarem crianças em Naviraí, Mato Grosso do Sul, Brasil.

No interrogatório da polícia, ao qual o Diário Digital teve acesso, Caroline negou todas as acusações e, embora tenha admitido que errou, garantiu que nunca ministrou nenhum tipo de medicamento às crianças. “Irei me matar, porque se for liberta ou for para o presídio, estou ferrada”, disse a mulher.

Caroline afirmou ainda que os problemas começaram na sexta-feira, 7 de Julho, quando uma das crianças, de apenas 2 anos, partiu a televisão da creche. “[…] Eu estava nervosa, porque precisei comprar outra televisão. Tem uma outra aluna, que dá muito trabalho. Eu coloquei ela forçada para ficar deitada no chão, porque eu já estava nervosa e ele não parava quieta. Só coloquei ela deitada com força e dei uns tapinhas assim na cabeça dela para ela dormir e quem dá mama e banho nela não sou eu”.

Caroline é investigada por outros cinco crimes, entre injúria, lesão corporal e dano.

Já a funcionária Mariana pagou fiança e foi libertada por não ter antecedentes criminais. No entanto, foi captada pelas câmaras de videovigilância a ministrar um medicamento a uma criança que depois dormiu durante algumas horas.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito