AtualidadeCrimePaís

Professor de Moral acusado de 95 crimes por abuso sexual

O Ministério Público acusou um Professor de Moral por ter cometido 95 crimes de abuso sexual na Escola Secundária Camilo Castelo Branco, em Famalicão. Os crimes foram cometidos sobre o total de 15 alunas durante o período de ensaio de uma peça de teatro chamada “O Andaime”.

O professor era o responsável por encenar a peça “O Andaime” e de acordo com a Lusa, foi durante os ensaios da peça que o suspeito praticou todos os delitos.

Na acusação, é descrito que os ensaios tinham início sempre da mesma forma. “Com uma fase de aquecimento, durante a qual as portas se mantinham fechadas, as luzes apagadas e os estores da sala corridos, com música a tocar, e compreendiam a realização de exercícios de contracena, durante os quais os alunos fechavam os olhos e seguiam as instruções do arguido, com o objetivo de criar um estado de relaxamento e desinibição psicológica e corporal”.

Ainda segundo o Ministério Público, o arguido “verbalizava de forma frequente às alunas que o contacto físico exigido nos exercícios de contracena era necessário para a desejada evolução como atrizes e, ainda, que tal método não seria compreendido por membros exteriores à companhia, assim as incentivando a não revelar os acontecimentos que tivessem lugar no decurso dos ensaios”.

O suspeito de 53 anos, Licenciado em Ciências da Religiosas, discorda das acusações e solicitou abertura de instrução, tendo o debate ocorrido na quarta-feira, dia 12 de Outubro.

Falta saber a decisão do juiz para determinar se o docente vai ou não a julgamento, e se sim, pela prática de quantos crimes?

O suspeito foi alvo de um processo disciplinar determinado pela Inspeção Geral de Educação e Ciência, resultando na sua suspensão preventiva entre 04 de Fevereiro e 17 de Junho de 2019. No processo, resultou a proposta da sanção disciplinar de demissão.

De acordo com a Lusa, o diretor da Escola Secundária Camilo Castelo Branco, Carlos Teixeira, foi contactado, no entanto referiu apenas que o professor continua a lecionar, não abordando nenhum outro tópico.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito