Atualidade

“Prestação” de 12 milhões que Cabo Verde pagou a Portugal para amortizar dívida é usada pelo Governo para investir em fundo climático cabo-verdiano

A divida de Cabo Verde a Portugal é superior a mais de 600 milhões de euros. O país africano pagou recentemente um total de 12 milhões de euros que, de acordo com o site Notícias Ao Minuto, será utilizado para investir no fundo climático cabo-verdiano.

O primeiro-ministro António Costa, em declarações, afirmou que “nenhum país será sustentável se todos os países não forem sustentáveis. É um trabalho que tem de ser feito em conjunto”, e que “é por isso que Portugal quer comparticipar no fundo que Cabo Verde está a criar para o clima e a transição energética”. Será assim investido “todo o montante em amortização da dívida de Cabo Verde a Portugal”.

António costa diz ser uma “forma de converter uma dívida, no que passa a ser uma capacidade de Cabo Verde investir na transição energética, no combate às alterações climáticas e que o possamos fazer em conjunto”.

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, agradeceu a presença de António Costa na Ocean Race Summit, cimeira dos oceanos realizada em Cabo Verde, acreditando que o país irá cumprir as metas de desenvolvimento sustentável.

“Temos sol, mar, vento, todas as condições para por uma prioridade muito forte na transição energética”, disse.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito