Distrito de Lisboa

Presidente da República condena o ataque, mas pede para não “generalizar”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou, na tarde desta terça-feira, o Centro Ismaili de Lisboa, onde foi levado a cabo o ataque que tirou a vida a duas mulheres hoje, prestando declarações aos jornalistas.

De acordo com Marcelo, “sendo um ato isolado, não vale a pena estar a generalizar porque é injusto e precipitado”.

“A pessoa era conhecida e apoiada mas há pessoas que num determinado momento e contexto, reagem de determinada maneira”, indicou o Presidente da República realçando, que “não há nada que justifique um ato criminoso como este”.

Marcelo elogiou e agradeceu às forças de segurança que “intervieram o mais rápido possível e podem ter poupado consequências maiores – em vez de haver duas vítimas mortais e uma não mortal, podia ter havido muito mais, uma vez que o centro estava a funcionar normalmente em termos de aulas”.

O Presidente apresentou ainda as condolências aos familiares das vítimas e frisa que estão “a decorrer as investigações”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito