DestaqueEconomia
Em Destaque

Preparados para viver à luz da vela? Preços da eletricidade vão disparar

Milhões de lares portugueses enfrentam um aumento significativo na fatura de eletricidade este mês, com previsões de aumento entre os 6 e os 13 euros mensais, devido ao incremento das rendas energéticas.

A partir deste mês, muitos lares em Portugal sentirão um impacto direto no bolso devido ao aumento das tarifas de eletricidade. A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) alertou que os aumentos podem variar entre os 6 e os 13 euros mensais. Esta elevação é atribuída principalmente ao aumento das rendas da energia, que dispararam para 2.600 milhões de euros, um aumento significativo em relação aos 1.722 milhões estimados anteriormente.

Segundo informações do Correio da Manhã, este aumento nas rendas energéticas resulta de uma revisão extraordinária das tarifas, influenciada pela exploração crescente das energias renováveis. Enquanto no mercado regulado a energia está mais acessível e os consumidores foram compensados com a redução da componente de energia, o mesmo não se aplica ao setor liberalizado. Este último, que não é obrigado a compensar os aumentos, pode ver uma fatura substancialmente maior nos próximos meses.

Além disso, a partir de janeiro do próximo ano, entra em vigor uma alteração significativa no IVA da eletricidade para 3,4 milhões de famílias. O imposto, que atualmente é aplicado aos primeiros 100 kilowatts de consumo, será alargado para os primeiros 200 kilowatts, com um IVA reduzido de 6%. Para famílias numerosas, o limite isento de IVA será de 300 kilowatts por mês.

Este aumento iminente nas faturas de eletricidade levanta preocupações entre os consumidores, que terão que reajustar os seus orçamentos mensais para acomodar esses novos custos. A DECO aconselha os consumidores a procurarem as melhores tarifas disponíveis e a considerarem a adesão ao mercado regulado, onde as oscilações de preço são menos acentuadas.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito