Seixal
Em Destaque

Praias do Seixal já têm nadadores-salvadores

É uma novidade da época balnear de 2023, as praias fluviais do Seixal começaram a ter uma equipa de profissionais de salvamento todos os dias da semana.

A segurança é cada vez mais um fator essencial na vida dos banhistas e a realidade é que as praias necessitam de vigilância. Nesse sentido, o salvamento tem de ser garantido em caso de risco ou perigo iminente. A inexistência de nadadores-salvadores pode ser um ponto negativo que faça com que os banhistas não queiram ir a banhos. Nas praias fluviais seixalenses deixou de haver esse impedimento.

Agora, estão dispostos dois profissionais de salvamento por cada praia, das 9 às 19 horas, todos os dias da semana, o que acontecerá até ao último dia de época balnear no Seixal, que está previsto ser no dia 30 de setembro.

As praias abrangidas são a Ponta dos Corvos, a praia do Seixal e a praia da Velha, também conhecida como praia da Trindade. Os nadadores-salvadores, aqui, asseguram a vigilância aquática e a assistência a banhistas. Dispõem de meios terrestres, sistema de comunicações, desfibrador automático externo e ‘kit’ de oxigénio para emergência.

A praia da Ponta dos Cornos que tem sido a que mais intervenções tem tido. A ótima localização geográfica (vista para Lisboa e bom local para experienciar o pôr-do-sol) tem sido um facto decisivo para o destaque por parte dos banhistas.

Agora que as temperaturas rondam os 40 graus e o concelho está constantemente em alerta laranja e amarelo, é de extrema importância ter auxílio caso um banhista se sinta mal com o calor. Os conselhos continuam a ser, claro, levar um chapéu de sol, muito protetor solar para se proteger contra este clima de calor intenso e água para hidratação.

Além da vigilância, a Câmara Municipal do Seixal qualifica as praias do concelho, sendo a mais recente a praia da Velha. Nesse local balnear, em conjunto com a União das Freguesias do Seixal, foram colocadas instalações sanitárias e chapéus de sol.

De resto, em todas as praias existem contentores para a separação de resíduos, onde se pode proceder à reciclagem, de modo a garantir a preservação do espaço e a limpeza da praia.

Este era já um plano antigo da Câmara Municipal do Seixal, que acompanha a crescente procura pelas praias do concelho.

Estas praias estão inseridas dentro, ou próximo da Baía do Seixal. Esta zona geográfica está localizada no estuário do rio Tejo, banhando as freguesias de Amora, Corroios e Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires.

A Baía natural do Seixal é o ponto turístico de maior interesse de todo o município. Separa as cidades do Seixal e da Amora, sendo o elo entre as duas, através da Ponte da Fraternidade.

Sendo um meio de sustento dos pescadores de outros tempos, a baía do Seixal apadrinhou a embarcação típica do Seixal, a muleta, composta por oito velas (hoje extinta). Atualmente é utilizada também para o abrigo das embarcações no inverno e ainda conta com fragatas a navegar nas suas águas.

A Baía tem também um motivo histórico que lhe dá mais importância. Foi a partir deste local que a frota de Vasco da Gama saiu em direção a Belém (Lisboa), pois as naus foram construídas no estaleiro da Quinta da Fidalga, hoje no centro da cidade.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *