Crime

Português detido em Espanha por prática de crimes de burla

Foi acusado da prática de trinta crimes de burla qualificada, ocorridos em 2019 e 2020

Um português de 52 anos foi detido em Espanha e extraditado para Portugal por estar acusado da prática de trinta crimes de burla qualificada, ocorridos em 2019 e 2020, ficando assim em prisão preventiva.

A Polícia Judiciária (PJ), localizou o homem através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo e da Unidade de Cooperação Internacional, com a colaboração das Autoridades Policiais e Judiciárias de Espanha, no quadro da cooperação internacional.

Em comunicado, a PJ explica que o arguido apresentava-se como intermediário financeiro e “promovia uma atividade de captação de investimentos, prometendo rendimentos mensais consideráveis, com taxas de juro muito tentadoras, em nome duma sociedade com sede na Suíça, que se veio a apurar ser inexistente”.

“Para dar credibilidade ao embuste, celebrava contratos de ‘Gestão Externa de Ativos’ com as vítimas e, nalguns casos, pagava inicialmente alguns juros, de modo a convencê-las de que se tratava de um negócio credível e muito rentável, determinando-as assim a reforçar os investimentos iniciais, com a entrega de mais quantias”, lê-se ainda na nota publicada.

Seguindo o modus operandi, assim que conseguia alcançar os seus intentos, o arguido deixava de pagar os juros mensais e justificava-se com a instabilidade conjuntural dos mercados financeiros.

“O arguido deixava de estar contatável, uma vez que, na realidade, se apropriava dos montantes e fazia-os seus, gastando-os em beneficio próprio” uma vez que as vítimas tentavam recuperar o dinheiro aplicado.

A PJ deu início a uma investigação após várias queixas apresentadas pelas vítimas e constatou que o suspeito tinha fugido para o estrangeiro. 

Detido e extraditado, o arguido foi presente ao tribunal competente para primeiro interrogatório judicial, na sequência do qual lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito