País

Polícias proibidos de marcar férias entre 24 de Julho e 7 de Agosto

Os polícias não vão poder gozar férias entre 24 de Julho e 7 de Agosto. A ordem de serviço foi dada pelo director nacional da PSP, Magina da Silva, e a proibição é justificada com a realização da Jornada Mundial da Juventude, de 1 a 6 de Agosto, em Lisboa, indica a TSF nesta manhã de quinta-feira.

O presidente da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP), Paulo Santos, já reagiu com alguma ironia, lamentando a prenda do ministro da Administração Interna.

“Está aqui a prova dos tais bónus que o senhor ministro da Administração Interna fala quando se refere aquilo que é a actividade da polícia, aquilo que é a exigência desta missão. Os polícias estão a ser chamados a ter constrangimentos nas suas vidas pessoais, a perder um direito que é o direto às férias e às folgas compensatórias e, infelizmente, é pena que não haja o reconhecimento ao nível dos direitos, da necessidade de melhoria salarial, da compreensão por esta disponibilidade e desempenho da nossa profissão, sem qualquer respeito por aquilo que são os nossos direitos”, afirmou Paulo Santos em declarações àquela estação de rádio.

Recorde-se que durante a Jornada Mundial da Juventude, Portugal será visitado pelo papa Francisco.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito