Economia

Empresas de distribuição alimentar ponderam impugnar multas que ascendem os 130 milhões de euros

Pingo Doce já fez saber que vai impugnar decisão

Esta quarta-feira, o grupo Jerónimo Martins, dona da rede de distribuição Pingo Doce, fez saber que vai impugnar nos tribunais a multa aplicada pela Autoridade da Concorrência (AdC) de 35,7 milhões de euros. Para o grupo, a multa aplicada trata-se de uma decisão injusta e imerecida por parte da AdC.

Em nota enviada à Lusa, o Pingo Doce refere que “O Pingo Doce confirma ter recebido da Autoridade da Concorrência mais uma decisão de aplicação de coima, no enquadramento das anteriores. Também esta decisão é injusta e imerecida e, por isso, à semelhança das anteriores, será impugnada nos tribunais a fim de ser reposta a verdade dos factos“.

A AdC multou em mais de 130 milhões de euros os grupos detentores das marcas Auchan, E.Leclerc, Modelo Continente e Pingo Doce, a mesma multa também foi aplicada ao fornecedor comum Unilever, o esquema seria um esquema de fixação de preços de venda ao consumidor.

Em comunicado a AdC divulgou esta quarta-feira que sancionou quatro cadeias de supermercados, a Auchan, E. Leclerc, Modelo Continente e Pingo Doce, mas também o fornecedor Unilever. Ao Auchan foi aplicada uma multa de 16,19 milhões de euros, ao Modelo Continente uma multa de 50,8 milhões de euros, ao Pingo Doce de 35,7 milhões de euros. Já a Unilever levou uma multa de 26,6 milhões de euros, o E.Leclerc terá que pagar 2,9 milhões de euros.

Esta é a sétima decisão sancionatória que é decretada pela AdC


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito