Distrito de SetúbalDistritos

Península de Setúbal com 268 bombeiros e 57 equipas para combate a incêndios na fase Delta

Apresentado dispositivo para Fase Delta

A região de Lisboa e Vale do Tejo vai ter 6 meios aéreos e mais de 1.600 bombeiros e viaturas para o combate aos incêndios durante a fase crítica, segundo o dispositivo esta terça-feira apresentado em Mafra.

O comandante regional de Emergência e Proteção Civil de Lisboa e Vale do Tejo, Elísio de Oliveira, anunciou que na fase delta (entre Julho e Setembro) o dispositivo vai ser composto por 1.641 bombeiros repartidos por 363 equipas e 1.653 veículos.

O dispositivo regional conta ainda com uma força especial de Proteção Civil, composta por 20 bombeiros, 4 equipas e 4 veículos, em Almeirim e no Montijo.

Cada sub-região vai ter a sua base de apoio logístico, e no caso da Península de Setúbal esta será em Águas de Moura, que terá capacidade para alojamento de 35 operacionais.

Os 6 meios aéreos vão estar distribuídos da seguinte forma: 3 no Médio Tejo (2 a operar a partir de Ferreira do Zêzere e 1 do Sardoal), 1 na Lezíria do Tejo (Santarém), outro na Grande Lisboa (Mafra) e outro na Península de Setúbal, na Base Aérea N.º 6 no Montijo.

A Grande Lisboa está dotada de 502 bombeiros, 110 equipas e 112 veículos, a Lezíria do Tejo 296 bombeiros, 67 equipas e 69 veículos, o Médio Tejo 291 bombeiros, 65 equipas e 68 veículos e, o Oeste 284 bombeiros, 64 equipas e 67 veículos e a Península de Setúbal 268 bombeiros, 57 equipas e 59 veículos.

A GNR integra os meios disponíveis com 91 militares e 18 veículos do Serviço de Proteção Natureza e ambiente no ataque inicial dos incêndios, acrescidos de 267 militares e 125 veículos e motos para a prevenção, vigilância e fiscalização, enquanto a PSP 164 efetivos e 19 veículos.

Também na chamada fase crítica, entre julho e setembro, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas participa com 321 elementos, 67 equipas e 75 veículos, desde sapadores florestais, agentes florestais, vigilantes da natureza e equipas de gestão dos fogos rurais.

Este ano já se registaram 534 incêndios e arderam 194 hectares em Lisboa e Vale do Tejo.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito