Destaque
Em Destaque

Papa triste com aprovação de lei da eutanásia em Portugal

A poucos meses de pisar solo português, o Papa Francisco criticou este sábado a lei da eutanásia aprovada pelo Parlamento português

O Papa Francisco criticou esta manhã de sábado [dia 13 de maio] a aprovação do decreto sobre a morte medicamente assistida que o parlamento português promulgou depois de vários vetos presidenciais.

“Hoje é um dia triste, estou muito triste com a decisão tomada em Portugal, pois no país onde apareceu Nossa Senhora foi promulgada uma lei para matar. Mais um passo na grande lista dos países que aprovaram a eutanásia”, disse o Papa em pleno Vaticano e é citado este sábado pela Agência Ecclesia.

Foi perante centenas de representantes da União Mundial das Organizações Femininas Católicas, que o chefe de Estado do Vaticano criticou a postura do governo português em promulgar a lei da eutanásia, discurso esse que assinalou as aparições da Virgem Mãe aos pastorinhos de Fátima.

“Pensando na Virgem, olhemos para Maria como modelo de mulher por excelência, que vive em plenitude um dom e uma tarefa: o dom da maternidade e a tarefa de cuidas dos seus filhos, na Igreja”, disse Francisco.

O Santo Padre irá pisar solo português já no próximo dia 1 de agosto para presidir às Jornadas Mundiais da Juventude, que se realizaram em Lisboa até ao dia 6 de agosto. Está prevista ainda uma visita de Francisco ao Santuário de Fátima.

PRESIDENTE DA REPÚBLICA SEM ALTERNATIVAS

Depois de vários vetos, Marcelo Rebelo de Sousa ficou sem grande alternativa, a lei da eutanásia foi aprovada na passada sexta-feira com um total de 129 votos a favor, 81 votos contra e uma abstenção, resultados anunciado por Augusto Santos Silva, presidente do parlamento.

Marcelo em declarações aos media salientou que irá cumprir com a Constituição a que jurou e irá cumpri-la: “A promulgação é obrigatória, portanto promulgarei”, garantiu o Presidente da República.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito