Atualidade

Papa pede aos pais que “não condenem” filhos LGBTQIA+

O Papa Francisco pediu a todos os pais que não condenassem os filhos que tivessem uma orientação sexual diferente das suas.

O discurso foi proferido durante uma audiência geral, celebrada no Vaticano esta quarta-feira.

“Pais que vêem orientações sexuais diferentes nos filhos; como gerir isto e acompanhar os filhos e não se esconder numa atitude condenatória.”

“(…) A estes pais, digo: não vos assusteis. Nunca condeneis um filho. Peçamos a Deus a coragem de pai e de mãe que acompanham os filhos sempre, sempre.”

O Pontífice apelou ainda a todos os pais para que não se escondessem em comportamentos de condenação, independentemente da orientação sexual dos filhos e, em vez disso, que os apoiem.

Esta não é a primeira vez que Francisco mostra a sua proximidade às pessoas LGBTQIA +, de marcando-se da postura oficial ainda discriminatória da Igreja Católica.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito