País

País | Mais de um milhão de pessoas em teletrabalho no segundo trimestre de 2022

Segundo dados revelados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), no segundo trimestre do presente ano, mais de 1 milhão de portugueses trabalhou remotamente.

Especificamente foram 1.009,3 pessoas e, em números, traduz-se em 20,6% da população empregada, avança a publicação ECO. Destes, 30% fê-lo a 100% seguindo-se depois os trabalhadores em regime híbrido. Ainda, segundo o INE, 30% dos profissionais, em algum momento, aponta a covid-19 como motivo do teletrabalho.

“Podemos falar em três fatores conjugados: a exigência dos candidatos, que crescentemente pedem flexibilidade como benefício nos contratos de trabalho, com a possibilidade de exercerem a sua função em regime híbrido ou full remote; a escassez de talento, que impele as empresas a aceitarem as condições pedidas e, por último, a pandemia”, aponta, na mesma publicação Pessoas, Márcia Leitão, area manager de Lisboa na Adecco Portugal.

Acrescenta ainda que “os empregadores procuram soluções adaptadas às necessidades produtivas” e, perante este cenário, que “é uma condição crescentemente pedida por muitos profissionais, e nos casos em que é possível desenvolver funções à distância, as empresas tendem a ajustar”.

A senior account manager na Multipessoal, Adriana Silva, revela que “muitos candidatos questionam, desde logo, sobre o regime de trabalho para a vaga a que concorrem, pois é um aspeto que, para muitos, se tornou prioritário”.

Na perspetiva da senior account, “atendendo à realidade atual do mercado, é imperativo que as empresas, dentro do que é viável para o seu negócio, se tornem mais flexíveis, no sentido de acomodar estas necessidades e preferências”.

Dos profissionais que fizeram teletrabalho, a maioria (cerca de 333 mil profissionais, equivalente a 30%), fê-lo a 100%, seguindo-se os que o fizeram de forma regular, mediante modelos de trabalho híbrido (cerca 278 mil pessoas, o equivalente a 27,6%). No que concerne à média de trabalho por horas semanais, o INE aponta 36 horas trabalhadas neste regime, equivalente a uma média de quatro dias por semana.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito