SesimbraTurismo

Numancia e a riqueza subaquática de Sesimbra

A península de Setúbal, tal como todo o país, tem várias histórias de naufrágios. Em Sesimbra falou-se durante muito tempo sobre a possibilidade de se criar uma reserva subaquática. Nesta poderia ser possível ver âncoras e canhões de embarcações de vários períodos e nacionalidades. Enquanto este projeto não sai do papel há outros tesouros para descobrir. Na praia do Ouro, há poucos metros do areal, existem os restos de uma fragata espanhola naufragada há mais de 100 anos.

Não é necessário ser mergulhador ou analisar de perto as fotografias tiradas a este local para ver os traços do Numancia. Esta fragata em Sesimbra ficou conhecida como O Vapor. Quem estiver no pontão e olhar para o lado esquerdo poderá ver no mar uma cor diferente. É onde estão os restos deste barco. Esta fragata, um dos mais emblemáticos da Armada Espanhola, naufragou em Sesimbra quando fazia a sua última viagem depois de ter dado a volta ao mundo e transportado reis. Uma tempestade de inverno fez com que fossem atirados contra as rochas da praia do Ouro.

O salvamento que marca o inicio dos socorros aos náufragos

Os trinta e dois tripulantes que seguiam a bordo foram salvos pelas gentes da vila que usaram o que tinham a mão, redes de pesca e cordas com as quais os conseguiram puxar para terra. Este salvamento foi feito pela recém-fundada Sociedade de Socorro a Náufragos, liderada pelo capitão Arrais Estino. Os marinheiros resgatados que decidiram ficar na vila e aí constituir famílias ficaram conhecidos como os numantinos de Portugal.

Foi um improvável resgate que um século depois não caiu no esquecimento e que pode ser lembrado numa placa que autoridades locais e representantes da embaixada de Espanha colocaram perto dos destroços. Hoje em dia não passam de pedaços de ferro torcido. Já sem os homens apenas restam algas e búzios. Mesmo assim encantam que os visitam e fazem parte da vasta riqueza submarina que Sesimbra guarda.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito