DesportoSetúbal

Nacional da Montanha abre com Rampa da Arrábida

A Rampa da Arrábida, prova rainha do automobilismo setubalense, regressa à estrada a 16 e 17 de março para abrir a edição 2024 do Campeonato Nacional de Montanha.

“Esta é a festa do desporto motorizado setubalense”, enalteceu o vereador do Desporto da Câmara de Setúbal, Pedro Pina, ao final da tarde de 22 de fevereiro, no Roof 61 do Fórum Municipal Luísa Todi, na apresentação da 33.ª edição do evento organizado pelo Clube de Motorismo de Setúbal em parceria com a autarquia.

A Rampa da Arrábida, com um percurso de 3,5 quilómetros, tem, este ano, honras de abertura do Campeonato Nacional de Montanha JC Group e, além desta novidade, apresenta-se com o atrativo de fazer regressar uma prova de rampa regional, a Super Subida Meliã Setúbal, com inscrições esgotadas.

Para o vereador Pedro Pina, o sucesso da Rampa da Arrábida é notório ano após ano. “É um evento que tem sido uma autêntica rampa, feita com o empenho e trabalho hercúleo do Clube de Motorismo de Setúbal, que voltou a colocar o motorismo setubalense no merecido lugar.”

O autarca, ao apontar “a diferenciação que a Rampa da Arrábida tem no campeonato”, com um desafio competitivo aliado a um património natural singular, destacou o facto de esta ser a única prova que, geograficamente, se realiza no sul do país.

A 33.ª edição da Rampa da Arrábida, organizada com várias parcerias e apoios, arranca no dia 16 de março com a rampa regional, a qual contempla duas subidas de treinos durante a manhã, previstas para as 09h30 e as 10h30, e duas subidas oficiais, às 16h30 e às 17h00.

A competição principal, o Campeonato Portugal de Montanha JC Group, realiza-se nos dias 16 de março, com duas subidas de treinos, previstas para as 13h30 e 15h00 e uma oficial, às 16h30, assim como a 17, com mais uma subida de treinos, às 11h30, e duas oficiais, às 13h00 e às 14h30.

O presidente do Clube de Motorismo de Setúbal, Fernando Matias, ao apontar que a edição 2024 da Rampa da Arrábida é dedicada às empresas locais e ao turismo desportivo, destacou as beneficiações feitas naquele troço da serra impulsionadas pela prova desportiva.

“É um retorno para a comunidade”, afirmou o dirigente, ao referir, entre outras melhorias, os 1700 metros de rails reparados e os mais de 1500 metros de asfalto renovados, as quais contribuem para o incremento das condições de segurança e circulação no troço da Estrada Nacional 379-1.

Além da vertente competitiva, atrativo nesta 33.ª Rampa da Arrábida é a participação especial do Mini Cooper especial do showman Marco Martin’s, piloto de Porto de Mós, que tem uma admiração especial pela Arrábida. “É um porto de refúgio que me acalma.”

Ao longo do percurso estão definidas zonas de espetáculo para o público assistir em segurança à prova, enquanto as verificações técnicas, um dos momentos que proporciona uma maior proximidade entre o público, máquinas e pilotos, são este ano realizadas em parque instalado no cais marítimo da Secil.

Todas as novidades do evento podem ser acompanhadas no Facebook do Clube de Motorismo de Setúbal, acessível nesta ligação, página oficial da Rampa da Arrábida na qual é disponibilizado ao público mais de dez horas de transmissão live stream.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

4 Comentários

  1. Concordo com os eventos desportivos e culturais na Cidade e no nosso parque Natural da Arrábida, mas antes resolvam os inúmeros constrangimentos nos vários passeios públicos da Freguesia de S.Sebastião que colocam em risco a mobilidade das nossas Populações. Pq S.Sebastião Também é Setúbal e os nossos Fregueses e Munícipes bem o Merecem.
    Rchamorrinha Nilha autarca do PSD Setúbal de S.Sebastião

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *