Santiago do CacémSines

Municípios de Santiago do Cacém e Sines partilham gestão da Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha

As autarquias de Santiago do Cacém e de Sines vão participar na gestão partilhada da Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha.

A cogestão é operacionalizada por uma comissão cujos meios são apoiados pelo Fundo Ambiental, no âmbito de um protocolo de colaboração técnica e financeira assinado a 18 de maio, no Centro Nacional de Educação Ambiental e Conservação da Natureza do Monte do Paio.

Uma vez que esta reserva está dividida entre os dois municípios, a Câmara Municipal de Sines aprovou a designação da Câmara Municipal de Santiago do Cacém como beneficiária do protocolo, que vai garantir um financiamento de 70 mil euros, por um período de dois anos, para assegurar um técnico especializado.

A função deste técnico será a de elaborar, em conjunto com as diferentes entidades envolvidas na cogestão, um plano de ação para a Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha (RNLSAS), assim como encontrar fontes de financiamento para a sua implementação.

A comissão de cogestão da RNLSAS, que vai desenvolver este plano, é composta pela Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, Universidade de Évora, Águas de Santo André, Associação de Desenvolvimento do Litoral Alentejano e Entidade Regional de Turismo do Alentejo.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito