Crime
Em Destaque

MP quer mais arguidos no caso da morte de Ihor

O Ministério Público quer levar mais cinco arguidos a julgamento e avançou a sua intenção neste segundo processo.

Foi em 2020 que um cidadão ucraniano chegou às instalações do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) instalado no Aeroporto de Lisboa, com alguma alteração de comportamento. Ihor Homeniuk acabou por não resistir e morreu, o caso seguiu para investigação acabando por condenar alguns inspetores na altura.

Neste segundo processo, o MP quer que cinco arguidos no processo sejam julgados, sublinhando que a instrução ao processo validou a acusação contra o ex-diretor de Fronteiras de Lisboa, do SEF, António Sérgio Henriques e dos inspetores João Agostinho e Maria Cecília Vieira.

Não ficando de fora também os vigilantes Manuel Correia e Paulo Marcelo.

O MP pede que os cinco arguidos sejam julgados neste segundo processo.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito