Atualidade

‘Movimento Zero’ cria conta solidária para ajudar os polícias da Esquadra de Alfragide

O ‘Movimento Zero’ criou uma conta solidária para auxiliar ao pagamento da indeminização a que oito agentes da PSP da Esquadra de Alfragide foram condenados após acusações de racismo.

Tendo em conta que já não é possível novo recurso, os arguidos vão ter de pagar as indeminizações a que foram condenados.

Depois de em Maio o Tribunal de Sintra ter condenado os oito agentes, estes e seis dos recorrentes pediram recurso da decisão e o Tribunal da Relação confirmou esta semana a condenação, obrigando ao pagamento das indemnizações aos jovens, que ascendem aos 70 mil euros.

O caso ocorreu há em Fevereiro de 2015, e envolveu acusações de agressões a seis jovens moradores na Cova da Moura dentro da esquadra de polícia de Alfragide.

Esta quarta-feira, num acórdão de 500 páginas e depois de três sessões, o Tribunal da Relação confirmou «na íntegra» a condenação dos oito polícias por agressões, sequestro, injúrias, falsificação de documentos e denúncia caluniosa.

Além das indeminizações, sete arguidos tiveram penas suspensas, e apenas Joel Machado ira cumprir uma pena de prisão efetiva, de um ano e seis meses, justificada pela reincidência do réu, que tinha cometido um crime semelhante em 2013.

Para além de reincidente, o tribunal tinha considerado o crime que cometeu contra Rui Moniz como sendo de ofensa à integridade física qualificada, que ficou com a mão paralisada devido a um AVC.

O mais penalizado com esta sentença é o chefe Luís Anunciação. Teve a pena mais pena mais longa, cinco anos por cúmulo jurídico, e vai pagar a maior quantia de indemnizações: 50 mil euros. João Nunes, que baleou na perna um dos jovens, foi condenado a pagar à vítima cinco mil euros.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito