Distrito de Lisboa

Mau tempo | Protecção Civil pede aos lisboetas para ficarem em casa

A Autoridade Nacional de Emergência à Protecção Civil (ANEPC) apelou esta terça-feira de manhã à população em Lisboa que “tome precauções redobradas, restrinja ao máximo a sua movimentação ao estritamente necessário e siga as indicações da Protecção Civil e Forças de Segurança”.

Lembrando a passagem de Lisboa a alerta vermelho, as autoridades apelam para que as pessoas ponderem a necessidade de saírem de casa e evitem mesmo as deslocações para o trabalho, saindo apenas quando for “estritamente necessário”.

Prevê-se que a precipitação volte a ser intensa pelas 11h, indicou o comandante nacional da ANEPC em conferência de imprensa esta manhã. “A situação que temos do Instituto Português do Mar e da Atmosfera é que a precipitação vai voltar a intensa a meio da manhã e princípio da tarde e, portanto, é natural que esta situação, do ponto de vista das águas, vá demorar tempo e vai demorar a reposição da normalidade” disse o comandante André Fernandes. “Apelamos a todos que restrinjam ao máximo a circulação e ponderem as deslocações”, sublinhou.

André Fernandes adiantou ainda que várias artérias da Grande Lisboa estão intransitáveis, apelou à população para “restringir ao máximo a circulação” e sublinhou que não há vítimas a lamentar até ao momento.

Dezenas de estradas na Grande Lisboa estão já cortadas devido à chuva forte que cai desde a madrugada, durante a qual foram registadas mais de mil ocorrências, mais de 30% delas em Lisboa e sobretudo inundações.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito