Distrito de Lisboa

Lisboa | Câmara Municipal diminui dívida e aumenta investimento na habitação

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) apresentou esta quarta-feira o relatório de gestão e as demonstrações financeiras e orçamentais em relação ao ano de 2022.

Em resumo, a autarquia liderada por Carlos Moedas apresentou resultados positivos de cerca de 100 milhões de euros, diminuiu a dívida em 22,4 milhões de euros e reforçou em cerca de 50% o investimento no sector da habitação, que passou de 35 para 52 milhões de euros.

“Não temos dúvidas de que os problemas relacionados com a habitação são o principal desafio que temos entre mãos neste mandato. Neste sentido, o aumento em quase 50% nos investimentos nesta área são o principal indicador e um sinal muito claro de que este é o tema em que estamos fortemente empenhados para encontrar as soluções que ajudem a diminuir a gravidade do problema na cidade”, considera o presidente da CML em comunicado enviado ao Diário do Distrito.

O resultado líquido do exercício “inverteu a tendência negativa dos dois últimos anos, saldando-se em 99,8 milhões de euros”, lê-se ainda na nota.

Já a dívida total do município registou uma “diminuição de 22,4 milhões de euros”. O esforço de consolidação do passivo municipal “associou-se à redução da dívida a fornecedores, incluindo fornecedores de investimento, o que corporiza a determinação do Executivo de contribuir activamente para o funcionamento da economia, nomeadamente ao nível das pequenas e médias empresas de base local”, sublinha a CML.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito