Distrito de Setúbal

Instituto Tecnológico de Setúbal certifica 30 professores guineenses

Formação ESE/IPS no âmbito do projeto PRECASE

João Pires, Diretor do Instituto de Ensino Superior do Instituto Superior de Tecnologia de Setúbal (ESE/IPS), esteve presente sábado, dia 4 de março, em Bissau, para a entrega de certificados do Curso de Formação Suplementar de Educação, operação que contará com 30 escolas de formação primária na Guiné-Bissau É possível melhorar o grau dos professores de bacharelato para licenciatura.

A formação ministrada pela ESE/IPS tem início em janeiro de 2022, no âmbito do Programa de Capacitação do Sistema Educativo da Guiné-Bissau (PRECASE), financiado pelo Instituto Caméz e implementado pela ONGD FEC — Fundação Fée Cooperação, em associação com a Cooperação entre o Ministério da Educação Nacional da Guiné-Bissau, Instituto de Educação da Universidade de Lisboa e ESE/IPS.

O programa de estudos abrange professores de todas as escolas de formação primária do país, com enfoque em português, Ciências da Educação, Tecnologias de Informação e Comunicação, Expressões, Pedagogia das Ciências Naturais e Sociais, Pedagogia da Matemática e Pedagogia da Expressão. Trinta professores aproveitaram a oportunidade para fortalecer as suas habilidades, aprofundar os seus conhecimentos e melhorar os seus padrões académicos.

Para João Pires, a adesão ao PRECASE é “o orgulho da ESE/IPS”, contando com a participação de 26 docentes de diferentes áreas científicas, e concretizando a primeira das três principais componentes previstas no programa.

O Diretor recordou a longa experiência da ESE/IPS em projetos de cooperação e formação internacional, nomeadamente na Guiné-Bissau, com quem coopera desde 1991, no desenvolvimento de programas e manuais escolares ou formação de formadores. “Sabemos que os países não vivem isolados no mundo e que é necessário criar sinergias, colaboração e aprendizagem comum. Acreditamos que a colaboração e cooperação entre as instituições de ensino superior de Portugal e da Guiné-Bissau contribuirá para o desenvolvimento do conhecimento.”

A diretora destacou ainda as lições aprendidas pelos docentes da ESE/IPS. “A riqueza do ensino está na aprendizagem conjunta de professores e alunos para um sistema educacional melhor”. A cerimónia de entrega de prémios decorreu nas instalações da Escola Superior de Educação — Unidade de Ensino 17 de fevereiro e contou ainda com a presença do Embaixador de Portugal na Guiné-Bissau, José Caroço, Eugénio In Luta, Diretor-Geral da Escola Superior de Educação, no dia em nome do Ministério do Ensino Superior e Investigação Científica (MESIC), Diretor da Escola Superior de Educação — Unidade de Ensino 17 de fevereiro, João Ialá e Carla Pinto, Representante da FEC na Guiné-Bissau.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito