Distrito do Porto

Homem morre uma hora após ter alta hospitalar

Emídio Pires, de 76 anos, residente em Besteiros, Paredes, distrito do Porto, morreu na madrugada desta segunda-feira em casa, uma hora após ter alta do serviço de Urgência do Hospital Padre Américo, em Penafiel, escreve o Jornal de Notícias na sua edição desta terça-feira.

Aquela publicação descreve que o estado de saúde de Emídio Pires estava a piorar de há um mês a esta parte, com a respiração a ser já apoiada por uma máquina de oxigénio, 24 horas por dia.

Segundo relata a neta de Emídio, na quinta-feira da semana passada, o homem foi à Urgência porque estava cansado e não conseguia respirar, tendo-lhe sido dada alta na sexta-feira de manhã. Como passou mal a noite, voltou sábado ao Hospital de Penafiel, onde ficou um dia e meio, a receber medicação e a fazer exames. “Era uma pessoa debilitada, desidratada, que não conseguia respirar sem a ajuda da máquina e esteve sentado, num cadeirão”, relata Sara. Esteve sempre na sala de urgências, já que não havia vaga no internamento, conta ainda a familiar em declarações ao JN.

A família acredita que houve negligência médica e aguarda o resultado da autópsia para apresentar queixa-crime às autoridades competentes.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito