CrimeDistrito de Lisboa

Hackers que atacaram Porto de Lisboa anunciam a publicação dos dados furtados

O grupo de hackers autointitulado como Lockbit, anunciou esta quarta-feira a publicação dos dados furtados no ataque lançado aos sistemas da Administração do Porto de Lisboa, no passado mês de dezembro.

De acordo com o Expresso, a alegada publicação de dados foi realizada na Dark Web, depois de um pedido de resgate de 1,49 milhões de euros que não terá sido pago. Na página localizada na Dark Web, o grupo de cibercriminosos afirma ter acedido a relatórios financeiros, contratos, informação sobre as operações relacionadas com as embarcações que atracam ou zarpam na capital, bem como dados de tripulações e “toda a correspondência” eletrónica.

A publicação dos dados em páginas da Dark Web permite aos criminosos um maior controlo sobre a sua privacidade, visto que para aceder a este tipo de endereço eletrónico é necessário um navegador próprio e conhecimentos informáticos avançados.

Ainda de acordo com o jornal português, o grupo publicou 15 amostras que indicam que, pelo menos, parte destes documentos terá sido realmente exfiltrada no ataque ocorrido no dia de Natal. No entanto, não é possível apurar se o repositório completo que os hackers dizem ter na sua posse realmente corresponde ao descrito.

Assim, o Lockbit, pretende avançar com a chantagem realizada aquando do ataque, caso não lhes fossem pagos os 1,49 milhões de euros.

Tendo em conta o avanço do grupo na divulgação de dados, tudo indica que a Administração do Porto de Lisboa rejeitou pagar aos cibercriminosos, que de acordo com as autoridades, é a medida correta a tomar de forma a evitar a proliferação de mais ataques informáticos e posteriores pedidos de resgate.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito