BarreiroDestaque
Em Destaque

Grávida de Lisboa assistida no Hospital do Barreiro

Obrigada a percorrer 30 quilómetros de Lisboa ao Barreiro após lhe ser recusado assistência num hospital em Lisboa. A indicação foi do Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU).

Uma grávida teve que percorrer 30 quilómetros para ser assistida no Hospital do Barreiro, o caso é insólito, porque a mulher foi encaminhada pelo Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) para a margem sul do Tejo para ser assistida.

A mulher que estaria em Alcântara, Lisboa, e que deveria ser assistida no Hospital São Francisco Xavier, foi desviada este sábado numa ambulância do INEM para o Centro Hospital do Barreiro.

Esta deslocação deve-se ao facto de que no fim de semana de Páscoa as maternidades só recebiam grávidas que se apresentassem pelos próprios meios, o que não foi o caso.

Segundo a secretária regional de Lisboa e Vale do Tejo do Sindicato Independente dos Médicos, terá confirmado que houve restrições nos serviços de Obstetrícia de várias hospitais da capital, e por isso as grávidas serem encaminhadas pelo CODU e INEM para outras unidades hospitalares, neste caso para o Centro Hospitalar do Barreiro, na margem sul do Tejo.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *