País

Governo propõe aumento salarial para forças de segurança

O Governo deu início às negociações com os sindicatos representativos da Guarda Nacional Republicana (GNR) e da Polícia de Segurança Pública (PSP) no dia 2 de maio. A proposta inicial visa aumentar os rendimentos de todos os profissionais destas forças.

No dia 2 de maio, o Governo deu início às negociações com os sindicatos que representam os profissionais da GNR e da PSP, com o intuito de valorizar os rendimentos destes agentes de segurança.

A proposta inicial apresentada pelo Governo visa aumentar o rendimento de todos os profissionais, como parte do compromisso de valorização destas forças. Os sindicatos têm agora a tarefa de apresentar uma contraproposta nos próximos dias, mantendo-se assim o diálogo em curso entre as partes envolvidas.

Para garantir transparência, o Governo detalhou os pontos essenciais da proposta inicial. Esta inclui um aumento médio equivalente a mais um salário para as forças da GNR e PSP, representando um acréscimo de 7% na massa salarial.

Contrariando desinformações, a proposta assegura que nenhum profissional terá perdas salariais, garantindo um aumento mínimo de 1.050 € por ano, o que dá uma quantia mensal na ordem dos 87,50 €, e até mais para alguns, segundo nota enviada pelo Ministério da Administração Interna às redações. Além disso, o aumento proposto aplicar-se-á também aos novos profissionais que integrem estas carreiras.

Adicionalmente, os profissionais manterão todos os suplementos já recebidos, sendo que estes são 14 na GNR e 11 na PSP. O Governo também propõe corrigir desigualdades anteriores, alinhando os critérios do suplemento com os praticados na Polícia Judiciária. Este suplemento será fixado em percentagens do salário do dirigente máximo da instituição, segundo as carreiras.

A proposta do Governo é uma medida crucial para valorizar o trabalho das forças de segurança e garantir condições dignas para os profissionais que arriscam as suas vidas, diariamente pela segurança dos cidadãos.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito