Famosos

Flávio Furtado assume que declarou insolvência e fala dos seus luxos e de “ser rico”

Flávio Furtado em entrevista à revista Cristina assumiu que: “Sempre tive vontade de ser rico. Sabes porquê? Para poder proporcionar coisas boas aos meus”.

Explicando que: “A casa dos meus pais, hoje, está mudada – é das coisas de que mais me custa falar, porque tenho medo de ser mal interpretado, sobretudo por eles – mas a porta do meu quarto dava para a cozinha. Ouvia, às vezes, às 5h ou 6h da manhã, o barulho das chaves e das moedas. O meu pai a pegar nisso para ir trabalhar. E chovia imenso. O meu pai tinha uma mota, na altura. Aquele som fazia-me acordar. Devia ter oito ou nove anos. Eu dizia: ‘Um dia, vou ser rico para o meu pai não ter de acordar a esta hora, para ir trabalhar de mota, debaixo de chuva’”.

“Felizmente, nos últimos anos, faço a viagem que mais prazer me dá: pegar nos meus e levá-los uma semana para um resort, pulseirinha, tudo incluído, e ficar de longe a observá-los e a vê-los ser felizes. Os meus pais chegam a estar quatro ou cinco horas dentro de água, no mar. Fico a observá-los e a pensar sobre o que falam. ‘Será que estão orgulhosos de mim?’. Penso que estão”, completou.

Mas num passado recente teve problemas e declarou-se insolvente: “abrimos lojas em 5 centros comerciais e quando foi a crise do subprime (em 2007) as coisas complicaram-se e nós tivemos de encerrar algumas dessas lojas e depois acabamos por decidir encerrar todas as lojas“.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

comentário