Palmela

Feira Medieval de Palmela com queixa dos comerciantes

Abriu portas esta sexta-feira, mas alguns comerciantes com espaços no local queixam-se dos valores praticados.

As portas de mais uma edição da Feira Medieval de Palmela abriram esta sexta-feira, 22 de setembro, para mais um fim-de-semana em que os tempos medievais vão estar presentes em força na memória dos visitantes. A edição deste ano arrancou pelas 17h00 e a inauguração decorreu com o presidente da Câmara Municipal de Palmela a chegar ao Terreiro do Relógio, no Castelo de Palmela, a encarnar a pele de D. Dinis, rei de Portugal, acompanhado pela vereadora da cultura, também encarnada em rainha D. Isabel, sua esposa em séculos passados. 

Feitas as honras da abertura da Feira Franca, o rei e a sua corte iniciaram uma visita aos mercadores e artesãos que estão no espaço. 

“Feira Medieval é necessária em Palmela, mas não com estes preços”

Não se pode agradar a gregos nem a troianos, já diz o dita, uma das várias críticas que o Diário do Distrito ouviu no contacto que realizou com os artesão e mercadores [feirantes], foi o aumento das bancas que o ano passado custaram 50 € e este ano tiveram um aumento para 100 €, também os visitantes se queixaram como o caso de Pedro Gomes que nos confidenciou que “para uma família de 4 pessoas, temos que desembolsar logo 16 €, não há um pack para famílias nem uma oferta qualquer que justifique este valor”, prosseguindo “a organização terá que rever os preços que estão a ser praticados, pois estamos em ano de recessão económica e muitas famílias não podem vir visitar este certame que é digno de ser visto”, o preço das pulseiras são 4 € para um dia e 7 € para os três dias. 

Houve quem também achasse que este ano a Feira Medieval de Palmela no primeiro dia não teria os visitantes como a edição do ano passado. 


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

9 Comentários

  1. Perante tantas queixas,só que não. As filas eram enormes e a feira esteve cheia. Alias no sabado esgotou as pulseiras permitidas para entrar.

  2. Sexta esteve morno, mas sábado e domingo esteve lotado, toda a gente a comer e beber bem. Foi espetacular.

  3. Sem dúvida um custo de 4 euros de entrada sem direito a nada .. só vai que quer sem dúvida nas um custo muito elevado para mês duro de festas populares

  4. Disseram me que custava 4€ a entrada… Começa logo mal

    1. Francisco Gouveia Esteves e está correto 4 € cada pessoa

    2. Maria João Borges acho que devia ser gratuito, o espaço é público, que haja depois dentro do recinto espetáculos pagos já não acho mal 😊

  5. Isso é feito para os servirem a eles não à população e muito menos aos comerciantes , queres festa há que pagar.