Crime

Empresa que usava o nome “Querido Mudei a Casa” alvo de queixas por alegada burla

Uma empresa de obras de remodelação de casas em Lisboa está a ser alvo de queixas e processos em tribunal por parte de clientes que dizem ter sido enganados, segundo avança a CNN.

A empresa terá utilizado indevidamente o nome da marca Querido Mudei a Casa para atrair clientes que, apesar de terem realizado todos os pagamentos acordados, ficaram com as obras inacabadas e as casas ao abandono.

Um dos relatos é de Hugo Ramos, de 46 anos, que já apresentou uma queixa-crime à Polícia Judiciária contra o empresário e a respectiva empresa, Questão de Harmonia, por alegada burla, depois de ter gastado mais de 88.000 euros numa obra de remodelação de uma moradia para a qual pretendia mudar-se com a família, mas que nunca chegou a estar concluída.

“A minha obra foi deixada ao abandono, sem janelas nem portas, podendo qualquer pessoa aceder à mesma. Nem um terço estava concluída e o dinheiro que juntei a minha vida toda perdeu-se assim”, relata Hugo Ramos àquele canal televisivo.

Os casos remontam ao final de 2021 e são em tudo semelhantes: os clientes colocaram anúncios no site Habitíssimo, uma plataforma com informações sobre profissionais e empresas de remodelações de casas, para procurar empresas que oferecessem esses mesmos serviços. Entretanto, foram contactados pelo comercial da Questão de Harmonia, que se apresentava como parceira do Querido Mudei a Casa.

Depois de visitar as respectivas casas, a empresa apresentava um orçamento, que incluía várias marcas e logótipos, nomeadamente Querido Mudei a Casa, Grupo Grilo, LifePresso, Inbiz, Grupo Grilo Brasil e Amberroad – empresas que estariam, de alguma forma, associadas ao gerente daquela empresa, que se apresentava como “Director da Querido Mudei a Casa”.

A Procuradoria-Geral da República já admitiu que o caso se encontra “em investigação do Ministério Público”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito