Montijo

Dia da Freguesia no Montijo celebrado de forma especial 

A União de Freguesias do Montijo e Afonsoeiro assinalou o Dia da Freguesia esta sexta-feira, no Cinema-Teatro Joaquim d’Almeida (CTJA) com homenagens e, no final, um concerto dos fadistas Jorge Fernando e Fábia Rebordão. 

A cerimónia contou com a presença de várias individualidades como Nuno Canta, Presidente da Câmara do Montijo; Fernando Caria, presidente da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro; Catarina Marcelino, Presidente da Assembleia Municipal e Francisco José dos Santos, Presidente da Assembleia de Freguesia. 

Ainda mais importante, com a entrega das Barcas Aldegalegas de distinção de mérito, que este ano foram para a fadista Manuela Cavaco e o Estrela Futebol Clube Afonsoeirense, representado neste evento pelo seu presidente, Gabriel Potra. 

Foram momentos de muita emoção e alegria, em que os homenageados abordaram os seus trajetos e agradeceram de forma especial aos mais próximos. 

Gabriel Potra, também conhecido por ser um atleta português que competiu nos Jogos Olímpicos de verão de Sidney, em 2000, destacou o orgulho e a responsabilidade social, na hora de receber o prémio. 

“É um projeto muito desafiante, porque quando se trabalha com crianças, nem sempre é fácil proporcionar a organizar e dar condições para a prática. O Estrela Futebol Clube Afonsoeirense tem um sonho desde o primeiro dia que vim para o projeto, que é o de ajudar os mais novos a triunfar. 

O presidente da Câmara Municipal, Nuno Canta, foi uma das pessoas que mais me ajudou. Este prémio é um orgulho e espero que nos continue a dar mais força e esperança, para que quem acredita neste trabalho, continue a dar o máximo. Por trás deste trabalho, foram aparecendo pessoas de enorme carácter e só tenho de agradecer a todos. Para isto é que estamos cá a trabalhar”, destacou o presidente homenageado. 

Manuela Cavaco nasceu no Montijo a 22 de março de 1943. Trabalhou na área da costura e, ao mesmo tempo, ouvia muitos programas de rádio e foi assim que aprendeu muitos fados. Tem mais de 80 temas gravados. 

Manuela Cavaco sempre foi uma cidadã ativa e envolvida na comunidade. É pessoa sobejamente conhecida e acarinhada pelos montijenses. 

O Estrela F.C. Afonsoeirense foi fundado a 24 de setembro de 1974. É uma associação desportiva sem fins lucrativos, que sempre teve como matriz uma componente social. Atualmente, esta formação possui cerca de 300 atletas inscritos na modalidade de futebol. 

O Estrela é uma referência do associativismo no bairro do Afonsoeiro, em particular, e no concelho do Montijo. Para adornar o evento, também o presidente Nuno Canta quis falar ao público montijense. 

O autarca destacou a importância e o valor da população local para a cidade. “É sempre uma enorme alegria estar presente nas festas da União das Freguesias do Montijo e Afonsoeiro, especialmente neste cinema-teatro e perante as gentes da terra”, referiu, destacando também a importância dos homenageados. 

“O simbolismo do dia da Freguesia vê-se nas pessoas e instituições que aqui foram homenageadas, tanto o Estrela Futebol Clube Afonsoeirense como a fadista Manuela Cavaco. 

Estou muito orgulhoso deste evento. A Manuela representa muita coisa do Montijo. O espírito de ser um sítio e agarrar as raízes desse mesmo local. Ela é um grande nome da nossa Terra. 

O Gabriel Potra, representante do Estrela, é um exemplo de força e de coragem. Ambos são um grande exemplo para a nossa cidade”, finalizou o Presidente da Câmara. Fernando Caria, Presidente da Junta de Freguesia da União do Montijo e do Afonsoeiro destacou o valor do trabalho e os passos que a freguesia tem pontificado para ajudar os seus moradores a viver da melhor forma possível. 

“Todos temos de continuar a trabalhar numa freguesia melhor como temos feito até agora. O futuro constrói-se ao melhorar condições e dar razões aos que aqui habitam para que queiram por cá ficar durante muitos anos. Até agora temos estado muito bem, mas queremos melhorar. O único objetivo desta Junta é servir as pessoas e, por isso, contamos com todos, deste lado, e desse”, concluiu. 

Após as homenagens e discursos veio um dos momentos da noite, o concerto de fado de Jorge Fernando e Fábia Rebordão. O público apareceu em grande número para assistir a um espetáculo de dois grandes valores de um estilo musical que engrandece Portugal no estrangeiro. 

E o espetáculo não desiludiu. Fábia Rebordão nasceu em Lisboa a 28 de março de 1985. Aos 15 anos, apaixonou-se pelo fado, pela voz de Amália Rodrigues, de quem ainda é prima, e começou a cantar profissionalmente nas casas típicas de Alfama, nomeadamente Taverna do Embuçado, Clube de Fado, entre outras. É hoje em dia, um dos grandes valores emergentes do Fado em Portugal. 

Jorge Fernando é músico, fadista e produtor. É um dos compositores mais cantados da música portuguesa e autor de sucessos como “Boa noite solidão”, “Búzios”, “Quem vai ao fado” ou “Chuva”. 

Nasceu em Lisboa no dia 8 de março de 1957. Em outubro de 2005 comemorou os 30 anos de carreira com um concerto no Fórum Lisboa, que contou com a participação de Argentina Santos e Celeste Rodrigues. 

Colabora com o rapper Sam The Kid com quem atua nas Festas de Lisboa de 2008. Além da banda de Sam the Kid, em palco estiveram Custódio Castelo (guitarra portuguesa) e Filipe Larsen (viola baixo). No dia 18 de fevereiro de 2016 foi condecorado pelo Presidente da República Portuguesa com a Comenda do Ordem do Infante D. Henrique.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *