Seixal

Detido em Espanha suspeito da morte de casal sem-abrigo no Seixal

"Fortes indícios da prática de um duplo homicídio qualificado, na forma consumada, e de um crime de incêndio".

O homem suspeito de em Maio ter ateado fogo a uma casa abandonada, no Seixal, onde residia um casal sem-abrigo, foi detido em Espanha, anunciou esta quarta-feira a Polícia Judiciaria (PJ) em comunicado enviado às redacções.

A PJ explica que o homem, agora preso preventivamente, foi localizado e detido pelo Departamento de Investigação Criminal de Setúbal e pela Unidade de Informação Criminal, em estreita colaboração com a Polícia Nacional de Espanha, em cumprimento de um mandado de detenção europeu.

Sobre o homem de 30 anos recaem “fortes indícios da prática de um duplo homicídio qualificado, na forma consumada, e de um crime de incêndio”.

A investigação efectuada “permitiu apurar que o presumível autor, na madrugada de 14 de Maio de 2023, se introduziu num imóvel abandonado, local que servia de domicílio a um casal com 53 e 48 anos, no Seixal, no distrito de Setúbal”. No local, “ao verificar a existência de duas pessoas no seu interior, decidiu atear fogo, fugindo de seguida pelo acesso pelo qual tinha entrado”.

Após sair, fechou o acesso com o recurso a uma porta, “impedindo dolosamente” que as vítimas também pudessem fugir do fogo.

Sem residência fixa em Portugal, após a prática do crime o suspeito ausentou-se do país para parte incerta, tendo agora sido localizado em Espanha.

A Polícia Judiciária adianta que no decurso da investigação foram recolhidos elementos probatórios que permitem indiciar o detido como o autor do crime.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito