Mundo

Despesas militares globais alcançaram valor recorde em 2022

As despesas militares globais atingiram um novo recorde em 2022. A invasão da Ucrânia por parte da Rússia provocou o maior aumento anual de despesas na Europa desde o fim da Guerra Fria, que terminou há três décadas, disse um grupo de reflexão sobre conflito e armamento, avançado pela Reuters.

A invasão russa, levou os países da Europa a acelerar o reforço das suas despesas, as despesas militares mundiais aumentaram 3,7%, declarou o Instituto Internacional de Pesquisa para a Paz de Estocolmo (SIPRI) numa declaração publicada.

Também as despesas militares europeias aumentaram 13% no ano passado, com muitos países a aumentarem os orçamentos militares e a planificar mais com o crescimento das tensões.

“Isto incluiu planos plurianuais para aumentar as despesas de vários governos”, afirmou o Investigador Sénior do SIPRI, Diego Lopes da Silva, citado pela Reuters

“Como resultado, podemos razoavelmente esperar que as despesas militares na Europa Central e Ocidental continuem a aumentar nos próximos anos”, acrescenta.

Já na Ucrânia, as despesas militares aumentaram 640% em 2022, o maior aumento anual registado nos dados do SIPRI desde 1949, este mesmo total não inclui todo  montante de ajuda militar financeira fornecida pelo Ocidente.

Relativamente às despesas militares da Rússia aumentaram cerca de 9,2%, embora o SIPRI reconhecesse que os números eram “altamente incertos dada a crescente opacidade das autoridades financeiras” desde o início da guerra que ainda dá continuidade.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito