CrimeDestaque
Em Destaque

Desmantelada rede criminosa em Lisboa: 1.300 Cartões SIM apreendidos

A PJ desmantelou uma rede de burlas no WhatsApp com 1.300 cartões SIM apreendidos.

Numa operação realizada ontem, a Polícia Judiciária (PJ) desmantelou uma rede criminosa envolvida no esquema de burlas “Olá Pai/Olá Mãe”, através de cinco buscas não domiciliárias em lojas do centro de Lisboa e duas buscas domiciliárias na margem sul. Esta ação resultou na apreensão de 1.300 cartões SIM e na constituição de arguidos para cinco indivíduos e três entidades coletivas.

Segundo o Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ, a investigação iniciou-se em agosto de 2023, revelando que os números, SIM, utilizados pelos criminosos não se repetiam e estavam vinculados a uma única operadora nacional. Em maio, a investigação identificou o “ponto de difusão das mensagens”, permitindo buscas que levaram à detenção de um suspeito, ao qual foi aplicada prisão preventiva.

O suspeito utilizava sete modem’s VOIP GATEWAY, cada um com 32 portas, operando simultaneamente 224 cartões SIM. Entre maio e novembro de 2023, cerca de 43.000 cartões foram operados por estes modems. Na altura, foram apreendidos 8.500 cartões SIM, dos quais 1.500 já estavam em uso e 7.000 aguardavam utilização, demonstrando a magnitude do esquema criminoso.

A investigação também identificou todos os facilitadores que contribuíram para a distribuição de dezenas de milhares de cartões SIM, oferecidos por uma operadora em festivais de música e museus, permitindo a utilização gratuita por 15 dias e facilitando a criação de contas WhatsApp para envio massivo de mensagens.

A rede, composta por vários cidadãos estrangeiros, recolhia os cartões em diversas áreas da Grande Lisboa e os vendia para a estrutura criminosa agora desmantelada. Esta operação “Cartões sem Rasto” encontra-se na fase final, aguardando despacho final do DIAP de Leiria.

Esta operação demonstra a eficácia da PJ em desmantelar estruturas criminosas complexas e proteger a população contra esquemas fraudulentos, reforçando a importância da investigação contínua e da colaboração entre diversas entidades.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito