País

D. José Ornelas diz ter sido importante “conhecer toda a realidade” dos abusos 

Presidente da CEP sublinhou que foi importante conhecer todo o processo dos abusos dentro da igreja e pedir perdão, pois não é só apenas importante a compensação financeira que vão ter que dar às vítimas.

Um ano depois do conhecido relatório sobre os abusos sexuais na Igreja Católica em Portugal, o presidente da Conferência Episcopal veio afirmar que “foi importante conhecer a realidade, e reconhecer que se comentaram erros e ainda se conseguir pedir perdão” às vítimas desses abusos.

José Ornelas, considera ainda que o “relatório da Comissão Independente foi um documento fundamental, porque deu para despertar todo um sofrimento escondido que abalou a Igreja e a sociedade no geral, pela crueza dos relatos que trouxe à luz do dia”.

Para o bispo de Leiria-Fátima é importante ainda conhecer a fundo o documento, só assim é que se conhece todo o processo com clareza e consegue-se perceber o sofrimento de cada vítima.

Foi em 13 de fevereiro de 2023, que a Comissão Independente para o Estudo dos Abusos Sexuais de Criança na Igreja Católica Portuguesa, colocava o dedo na ferida e deu a conhecer o relatório da sua ação, cujos resultados apontaram, por extrapolação, para um número mínimo de vítimas da ordem das 4.815 desde 1950.

Para D. José Ornelas, o importante não são só os números, mas sim um caso que envergonha a sociedade e a própria Igreja Católica, sendo preciso ajudar as vítimas a superar as suas feridas e a evitar que tais situações continuem ou voltem a acontecer.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *