Santiago do Cacém

Coruche recebe estação meteorológica do IPMA para a época de incêndios rurais 2024

O IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera reforçou o seu dispositivo meteorológico para a época de incêndios rurais de 2024 com a entrada em operações de dois novos radares meteorológicos de polarização dupla e de duas estações meteorológicas instaladas em Coruche/Cruz do Leão e Loulé/Cavalos de Caldeirão e ainda, de dois detetores de raios instalados em Olhão/RNPRF e em Viana do Castelo/Chafé.

As duas novas estações meteorológicas complementam a rede de estações meteorológicas no território do continente para observação e reforçar a previsão do perigo de incêndio rural e das variáveis meteorológicas relevantes, em complemento às estações meteorológicas já existentes da rede do IPMA e de redes externas ao IPMA.

Estes equipamentos foram instalados no âmbito da medida ‘Investimento RE-C08-i04: Meios de prevenção e combate a incêndios rurais’, e permitirão melhorar a vigilância e previsão geral do perigo de incêndio rural e das condições meteorológicas locais na frente de fogo, em particular aquando da formação de pirocúmulos e de potenciais ignições geradas por descargas elétricas atmosféricas, que por vezes ocorrem em zonas secas e muito afastadas das zonas de precipitação associadas a cumulonimbus.

Os radares permitirão uma melhor caracterização das características dos sistemas convectivos, quer estejam afastados ou na região dos incêndios, e adicionalmente também permitirão uma melhor caracterização da matéria particulada produzida pelos incêndios e da sua evolução em situações críticas.

Os detetores de trovoada permitirão aumentar a precisão de localização das descargas elétricas que se produzam nos sistemas convectivos, podendo esta informação ser utilizada em termos de vigilância em tempo real e a análise da identificação das causas de incêndios.

No âmbito deste projeto foram também instalados terminais de operação e visualização de informação de radar nos Aeroportos de Faro, Cascais, Lisboa e Porto que funcionam como postos de trabalho complementares ao sistema nacional de vigilância aos fogos florestais e que permitirão, conjuntamente com o Centro Operacional na sede do IPMA, um apoio mais próximo aos teatros de Operação.

Fonte: IPMA


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito